Governo de SP obtém US$ 30 milhões do BID para estradas

Financiamento servirá para recuperar 156,4 quilômetros de estradas; projeto está estimado em US$ 60 milhões

Vinícius Pinheiro, da Agência Estado,

28 de fevereiro de 2008 | 19h37

O governador de São Paulo, José Serra, assinou nesta quinta-feira, 28, contrato de financiamento no valor de US$ 30 milhões com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), montante que será usado no programa de recuperação de rodovias. Serão recuperados 156,4 quilômetros de estradas, sendo que metade do projeto, estimado em US$ 60 milhões, já foi viabilizada com recursos do governo do Estado. Segundo informações da Secretaria da Fazenda, nesta fase do programa, serão contemplados 16,8 quilômetros da SP-125 entre Alto da Serra e Ubatuba; 14,6 quilômetros da SP-133 entre a Via Anhangüera e Cosmópolis; 39,1 quilômetros da SP-255 entre Araraquara e Boa Esperança do Sul; 41,8 quilômetros da SP-425 entre José Bonifácio e Rio Tietê; 21,1 quilômetros da SP-294 entre Iacri e Osvaldo Cruz; e, 23 quilômetros da SP-294 entre Osvaldo Cruz e Adamantina. Além do financiamento assinado nesta quinta, Serra destacou que o Estado possui um total de US$ 800 milhões de projetos em andamento com o BID. Esses recursos serão destinados a obras do Metrô e dos trens urbanos da CPTM (US$ 168 milhões), para a recuperação de estradas vicinais(US$ 361 milhões, US$ 194 milhões do BID), programas de despoluição da bacia do alto Tietê e refinanciamento de dívidas corporativas (US$ 250 milhões), e fortalecimento de arranjos produtivos locais (US$ 20 milhões). De acordo com a Secretaria da Fazenda, na fase I do programa já foram recuperados 703,2 quilômetros de rodovias. Somadas as duas fases do Programa de Recuperação de Rodovias, assinado entre o Governo do Estado de São Paulo e o BID, serão recuperados 859,6 quilômetros de estradas estaduais.

Tudo o que sabemos sobre:
SerraBID

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.