Governo de SP indenizará mulher de Herzog e mais 137

Decisão da comissão estadual de anistia com a lista de nomes será publicada no DO até a próxima semana

Moacir Assunção, do Estadão,

31 de julho de 2007 | 17h01

A Comissão de Anistia da Secretaria Estadual de Justiça vai pagar, até a próxima semana, mais 138 processos de ex-perseguidos políticos do tempo da ditadura militar, segundo reportagem do Estado na edição desta quarta-feira, 1º. O valor a ser pago varia entre R$ 22 mil e R$ 39 mil e o total gasto será de R& 3,74 milhões.   LEIA REPORTAGEM COMPLETA DO ESTADO NA EDIÇÃO DESTA QUARTA-FEIRA   Entre os nomes mais famosos estão Clarice Herzog, mulher do jornalista Wladimir Herzog, morto sob tortura no DOI-Codi, o advogado Aton Fon Filho, o vereador paulistano Eliseu Gabriel (PSB), o cineasta Roberto Tapajós e o professor Tullo Vigevani. Os nomes de todos os contemplados serão publicados no Diário Oficial do Estado até a próxima semana.   Para receber a indenização, os anistiados precisaram provar à comissão estadual de anistia que foram perseguidos durante a ditadura militar ou presos por órgãos de repressão estaduais ou federais em São Paulo. Os valores variam em função da gravidade da tortura. Há três semanas, saiu outra lista que contemplou, entre outros, o jornalista Rodolfo Konder e o ex-deputado federal Ricardo Zarattini Filho.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.