Dida Sampaio/AE
Dida Sampaio/AE

Governo de SP chama manifestantes para diálogo

Anúncio ocorre depois de novo protesto, marcado para amanhã no Largo da Batata, conseguir mais de 180 mil confirmações pelo Facebook

BEATRIZ BULLA, Agência Estado

16 Junho 2013 | 15h57

O secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo, Fernando Grella Vieira, anunciou na tarde deste domingo, 16, que o governo estadual quer dialogar com os líderes do movimento que organizou as manifestações pela redução da tarifa de ônibus. A reunião acontecerá amanhã, às 10h, na sede da Secretaria de Segurança Pública (SSP), no centro da capital. O chamado ao diálogo é o primeiro realizado pelo governo e acontece depois de o protesto marcado para amanhã, às 17h, no Largo da Batata, conseguir mais de 180 mil confirmações pelo Facebook.

De acordo com Grella, a intenção é conversar com líderes do movimento para definir a rota da manifestação. "O objetivo é anunciar um convite para os líderes do movimento", disse o secretário. Ele afirmou ainda que o intuito é discutir "os prós e os contras do trajeto".

Ele não respondeu qual será a medida adotada caso os manifestantes desviem da rota combinada e disse crer em um protesto pacífico.

A SSP, segundo Grella, vai contatar líderes do Movimento Passe Livre e conta com a ajuda da imprensa para divulgar a informação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.