Governo de SP aumenta benefícios de programas sociais

Na semana em que a campanha eleitoral começou oficialmente, o governo de São Paulo, principal vitrine eleitoral do candidato à Presidência da República pelo PSDB, José Serra, anuncia o reajuste e a ampliação de dois dos seus programas sociais. O governo paulista, administrado hoje pelo também tucano Alberto Goldman, concederá reajuste ao valor dos benefícios do Renda Cidadã e do Ação Jovem. Ambos não haviam sido alterados durante a gestão Serra, que governou de 2007 a março deste ano. Também será anunciada a ampliação da renda das famílias que podem aderir ao programa, com o objetivo de contemplar mais beneficiários.

AE, Agência Estado

07 Julho 2010 | 11h56

Atualmente o Renda Cidadã concede R$ 60 por mês para famílias com renda mensal per capita de até R$ 100. O Ação Jovem concede o mesmo valor para jovens com renda familiar per capita de até meio salário mínimo. O reajuste vai recompor as perdas com a inflação nos últimos anos - mais de 17%, segundo o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Por meio da assessoria de imprensa, a secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social afirmou que as medidas que serão anunciadas levam em consideração "as condições específicas do Estado de São Paulo, incluindo aí o custo de vida da população e a vulnerabilidade social dos beneficiários e elegíveis de programas sociais". As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Mais conteúdo sobre:
eleição José Serra SP reajuste programas

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.