Governo de São Paulo recadastra servidores públicos

O governo de São Paulo começa nesta quinta-feira, 21, o recadastramento dos 684.233 funcionários e servidores públicos do Estado. Também deverão se recadastrar os servidores e empregados afastados e licenciados. O governador José Serra (PSDB) assinou um decreto em janeiro determinando o recadastramento a fim de atualizar os dados dos funcionários e gerar uniformidade cadastral, proceder estudo atuarial anual e viabilizar cadastro para futura implantação da conta salário.Além disso, a medida, segundo o site do governo de São Paulo, também irá ajudar a traçar uma política de valorização do servidor público, capacitando os servidores e implementando um banco de talentos. O recadastramento também servirá para adequar a distribuição dos recursos humanos para melhor realocação de funcionários.O processo será feito em duas etapas. Na primeira, de 22 de fevereiro a 1º de abril, o servidor poderá se recadastrar pela internet no site www.folhadepagamento.sp.gov.br ou, se preferir, preenchendo formulários próprios, que estarão disponíveis nas unidades de recursos humanos. A segunda fase será de 2 de abril a 11 de maio, para o recadastramento de servidores temporários e eventuais, pertencentes à Secretaria da Educação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.