Governo comprará alimentos de assentados para o Fome Zero

O presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva assinará nos próximos dias medida provisória autorizando compra antecipada de alimentos de pequenos agricultores e assentados. Os alimentos atenderão ao programa Fome Zero. As informações são do ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto. "O programa permitirá que a Conab compre alimentos de cooperativas e instituições para abastecimento das regiões Norte e Nordeste. Ele (o programa) estimulará a produção, garantindo renda aos produtores", afirmou. A estimativa do ministro é de que o programa demandará R$ 450 milhões, mas é o ministério da Fazenda que baterá o martelo sobre os recursos. O ministro defenderá no Plano Agrícola e Pecuário 2003/04 a criação do Pronaf Alimentos para estimular a produção de cinco produtos: milho, arroz, feijão, trigo e mandioca. A Conab ficará responsável pelas compras. "O Pronaf Alimentos criará condições para estimular a produção e ao mesmo tempo garantirá renda aos produtores", afirmou. Ele lembrou que o ministério está concluindo estudos que indicam o montante necessário para o plano de safra da agricultura familiar. "Mas certamente vamos ampliar em muito os recursos operados na safra passada, que totalizaram R$ 2,2 bilhões", ressaltou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.