Governo cede presidência da CPI dos cartões ao PSDB

O líder do governo no Senado, RomeroJucá (PMDB-RR), disse a jornalistas, ao deixar o Palácio doPlanalto, que a presidência da CPI mista dos cartões serácedida ao PSDB. Na condição de partidos com maior representação noCongresso, o PMDB havia indicado Neuto de Conto (SC) para apresidência da CPI e o PT escolhera Luiz Sérgio (RJ) para arelatoria. Mas a oposição ameaçava criar um segunda CPI, exclusiva doSenado, se o governo não concordasse em dividir o comando daCPI mista. Agora, caberá ao PSDB indicar o seu representante -- osnomes mais cotados são os dos senadores Marisa Serrano (MS) eMarconi Perillo (GO). (Texto de Mair Pena Neto)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.