Governo caminha para abrir arquivos da ditadura, diz Bastos

O governo caminha para a abertura dos arquivos secretos dos governos militares. Foi o informou nesta sexta-feira o ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos. "Estamos trabalhando nesse assunto com determinação, mas com cautela, sem fazer marola, gritaria, suspenses à toa", comentou.Segundo Bastos, o governo está examinando todas as questões pois há documentos vigentes que "claramente não podem ser abertos, pois envolvem negociações diplomáticas, mas a questão não pode ser revolvida, assim, num salto, para não causar prejuízos ao Brasil". Ele considera, contudo, que deve haver uma solução para o assunto e "caminha para a abertura na minha opinião", reafirmou, negando haver qualquer tipo de resistência do presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva. "O presidente é um estadista, que raciocina, que pensa no bem do País e olha todos os lados das questões antes de decidir e é isso que está sendo feito agora". Bastos esteve em Salvador para assinar convênios na área de segurança pública com o governo baiano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.