Governo busca apoio de senadores contrários à CPMF

O governo quer que os ministros se empenhem em conquistar o apoio público de senadores que mantém posição contrária à Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), mas que têm interesse na aprovação da emenda. É o caso de senadores que pretendem disputar as eleições para governador em 2010.O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a partir de agora, intensificará contatos e manterá conversas com governadores e senadores para assegurar a aprovação da CPMF. Nesta semana, Lula terá encontros pessoais com pelo menos dois governadores, o do Espírito Santo, Paulo Hartung (PMDB), e o do Rio, Sérgio Cabral Filho (PMDB). O Poder Executivo montou hoje um grupo especial para resolver dificuldades e divergências na bancada governista no Senado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.