Governo baiano vai cortar R$ 783 milhões do orçamento

O governo baiano anunciou, na tarde desta segunda-feira, um corte de 2,7% no orçamento de 2012, que caiu de R$ 28,951 bilhões para R$ 28,168 bilhões - ajuste de R$ 783 milhões.

TIAGO DÉCIMO, Agência Estado

02 de abril de 2012 | 20h38

De acordo com a administração estadual, o corte é "uma resposta" do governo aos "reflexos da crise econômica internacional". "Sentimos a necessidade de adotar o ajuste para manter o equilíbrio fiscal e as metas definidas no orçamento", diz o secretário da Fazenda, Carlos Martins.

De acordo com o secretário de Planejamento, José Sérgio Gabrielli, ainda será discutido com cada secretaria como será feito o ajuste orçamentário, mas áreas como segurança pública, saúde e educação não serão atingidas, bem como programas prioritários, como obras em andamento e o plano de enfrentamento à seca - o Estado tem 159 municípios em situação de emergência por causa da falta de chuvas.

Tudo o que sabemos sobre:
Bahiaorçamentocorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.