Governo avalia medidas após retenção de brasileiros na Espanha

O Brasil convocou nesta quinta-feirao embaixador da Espanha no país para expressar sua"inconformidade" com a negação da entrada de brasileiros emterritório espanhol e anunciou que pode adotar medidassimilares para os espanhóis que pretendem vir ao Brasil. "O secretário-geral das Relações Exteriores afirmou aoembaixador espanhol que as medidas recentemente adotadas pelasautoridades imigratórias da Espanha são incompatíveis com o bomnível do relacionamento entre os dois países", afirmou oItamaraty em nota. Segundo a nota, o Ministério das Relações Exteriores estáexaminando a adoção de medidas em resposta ao ocorrido, "tendoem conta, inclusive, o princípio da reciprocidade". A reação da diplomacia brasileira ocorreu após um grupo debrasileiros, entre eles dois estudantes que participariam de umcongresso em Lisboa, terem sua entrada na Espanha rejeitada eficarem detidos no aeroporto enquanto aguardam um vôo de voltaao Brasil. De acordo com a nota do Itamaraty, a negativa dada abrasileiros que tentam entrar na Espanha vêm se repetindo e oministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, já declarou aoseu colega espanhol estar "insatisfeito" com essas restrições epediu "tratamento digno" aos brasileiros que pretendem entrarna Espanha. Procurada pela Reuters, a embaixada da Espanha no Brasilnão se manifestou imediatamente sobre o assunto. (Texto de Eduardo Simões; Edição de Maria Pia Palermo)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.