Governo autoriza Serviço Secreto dos EUA a se instalar no Brasil

O Ministério das Relações Exteriores autorizou nesta terça-feira o governo dos Estados Unidos a abrir na sede do consulado americano em São Paulo um escritório do Serviço Secreto dos Estados Unidos (US Service Secret).A informação foi divulgada pela Embaixada Americana em Brasília por intermédio de nota oficial.Conforme a nota, o escritório será formado por dois agentes e um assistente administrativo e investigará casos de lavagem de dinheiro e falsificação de dólares, trabalhando em conjunto com o Banco Central, a Polícia Federal e o Conselho de Atividades Financeiras (COAF)."O estabelecimento de um escritório do Serviço Secreto dos Estados Unidos no Brasil demonstra o clima de cooperação entre os dois países no combate ao crime internacional", afirmou o encarregado de negócios da Embaixada Americana, Cristobal Orozco.Para ele, nesses tempos de globalização, as nações devem trabalhar unidas para enfrentar os criminosos. "Eles sabem perfeitamente como utilizar as redes financeiras internacionais e os computadores para movimentar dinheiro e contrabando ilegal ao redor do mundo", prosseguiu Cristobal.O adido de imprensa da Embaixada, Terry Davidson, aproveitou para esclarecer que o Serviço Secreto não é um órgão de inteligência ligado à Central de Inteligência Americana (CIA), mas sim um braço do Departamento de Tesouro americano, encarregado de dar proteção às autoridades americanas de alto escalão, incluindo o presidente da República, o vice-presidente e seus familiares."Ele também é responsável pela aplicação de leis relativas à falsificação de dinheiro e investigação de crimes financeiros.?Este será o segundo escritório da US Service Secret na América Latina - o primeiro funciona em Bogotá, na Colômbia. Outros 15 escritórios funcionam em cidades como Paris, Londres, Berlim, Moscou, Hong Kong, Bangcoc e Otawa. O Brasil possui também escritórios do FBI e do Departamento Anti-Drogas dos Estados Unidos (DEA).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.