Governo anuncia amanhã medidas da agenda positiva

O governo anuncia amanhã medidas da chamada agenda positiva do governo. Entre elas, o aumento de mais 35 mil recrutas nas Forças Armadas, extensão aos aposentados da possibilidade de concessão de empréstimos com desconto na origem pagadora e a construção de 7.800 quilometros de estrada neste ano. O anúncio foi feito pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no café da manhã com os líderes dos partidos aliados. No encontro, segundo o líder do PMDB na Câmara, José Borba, os líderes voltaram a reclamar ao presidente da falta de atenção de alguns ministros, que não respondem aos pedidos de audiência, não retornam ligações e nem atendem os pleitos.O líder do governo na Câmara, Professor Luizinho, manifestou preocupação com a convocação de ministros para comparecerem a audiências públicas na Casa. Os líderes, no entanto, segundo Borba, consideraram corretas as convocações. "Tem que convocar sim, até um relacionamento melhor entre ministros e deputados. A convocação não é maldosa. É para dirimir dúvidas. Por que poupar os ministros?", questionou Borba.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.