Governo ameaça ir ao STF se Congresso derrubar vetos

Após reunião no Palácio do Planalto com a presidente Dilma Rousseff e senadores da base aliada do governo, a ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, informou nesta terça-feira a articulação que o governo pretende adotar em relação a quatro vetos que deverão ser votados nos próximos dias pelo Congresso Nacional. Segundo a ministra, se o Congresso derrubar os vetos, o governo vai ao Supremo Tribunal Federal (STF) e já avisou aos senadores dessa intenção.

TÂNIA MONTEIRO, Agência Estado

13 de agosto de 2013 | 21h17

Ideli disse que devem ser apreciados os vetos aos projetos do Ato Médico, do que define novos critérios para repasse dos Fundos de Participação dos Estados e Municípios (FPE e FPM), do que desonera a cesta básica e do relativo ao Pronatec.

A ministra avisou que, sobre o ato médico, pode haver acordo porque já há um texto em tramitação que atende ao governo.

Tudo o que sabemos sobre:
Ideli SalvattivetosSTF

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.