Governo aceita proposta da oposição sobre MPs

O líder do governo na Câmara, Arnaldo Madeira (PSDB-SP), anunciou que o governo aceita a proposta, feita pela oposição, de mudança de redação na Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que restringe a edição de medidas provisórias. Será incluído no texto, que prevê a reedição das MPs, a expressão "uma única vez". O PT alegava que o texto, no parágrafo 7º do artigo 62 da emenda, poderia permitir mais de uma reedição. "Estamos prontos para votar, mas o quórum ainda preocupa", afirmou Madeira, prevendo que, caso seja adiada, a votação poderá acontecer na próxima terça-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.