Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Governistas tentam garantir quórum no Câmara

Os partidos aliados ao governo Lula terão que mostrar amanhã que aprenderam a lição e será garantida a realização de sessão plenária na Câmara, para a contagem de prazos de tramitação das reformas tributária e da Previdência. Os líderes passaram o fim de semana telefonando aos deputados e apelando por presença amanhã em Brasília. Será mais um teste da organização da base aliada do que ameaça de atraso às reformas.Pela contagem dos líderes governistas, hoje à noite, estava garantida a presença de 52 deputados amanhã no plenário da Câmara, quórum mínimo exigido para abertura de sessão. Da bancada do PT, 30 deputados, no mínimo, estavam já a caminho da capital. Outros 30 estavam sendo garantidos pelos demais partidos aliados."Pode ter certeza que teremos sessão amanhã. Se não tivermos o quórum, aí o problema será maior, porque ficará um mal-estar, uma prova de indisciplina, de que a base não está organizada", disse ontem o deputado Professor Luizinho (PT-SP), um dos vice-líderes do governo. "Mas estou certo de que todos os líderes aliados estão no esforço coletivo e conscientes da necessidade de nos organizarmos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.