Governadores rejeitam projeto específico para royalties

Os governadores de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), e do Ceará, Cid Gomes (PSB), afirmaram hoje que a ideia de elaborar um projeto específico para discutir a distribuição dos royalties entre Estados e municípios não é viável. "Não há como desmembrar porque essa questão é urgente para os Estados e não podemos ter dois pesos e duas medidas", disse Eduardo Campos ao chegar ao Congresso onde irá discutir a questão do pré-sal com os senadores.

RENATO ANDRADE, Agencia Estado

17 de março de 2010 | 17h06

A proposta de elaboração de um projeto específico para royalties foi levantada ontem pelo líder do PMDB no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), como alternativa para "descomprimir o confronto" criado sobre a questão.

Cid Gomes também defendeu a discussão sobre os royalties junto com os quatro projetos de lei sobre o marco regulatório para a exploração do pré-sal. "Temos condições de resolver tudo de uma só vez. A questão já eta vinculada e não dá mais para separar".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.