Governadores querem distribuição do bolo tributário, diz Yeda

A governadora do Rio grande do Sul, Yeda Crusius (PSDB), disse nesta segunda-feira, em Porto Alegre, que a expectativa dos governadores é de que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva inclua no Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) uma melhor distribuição do bolo tributário. A governadora enfatizou que a desconcentração de impostos é um anseio de todos os governadores, independente de partido. Na terça, o presidente Lula recebe os governadores para uma reunião no Palácio no Planalto.Yeda também pretende sensibilizar o governo para a renegociação da dívida do Estado a partir dos esforços de seu governo para a redução do déficit. "Há muito tempo, o Tesouro fechou as portas para o Rio Grande do Sul, e nós queremos que ele olhe com mais cuidado para o nosso caso", disse a governadora. Além disso, o governo gaúcho quer o aval do governo federal para reestruturar a dívida com recursos do Banco Mundial.A governadora será entrevistada nesta noite, no programa Roda Viva, da TV Cultura, em São Paulo.A Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul decide na terça se mantém o veto da governadora ao aumento de 6,09% aos servidores do Judiciário, do Ministério Público e do Tribunal de Contas do Estado, em nome da redução do déficit nas contas do governo gaúcho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.