Governadores devem ser consultados sobre reforma, diz Mercadante

O líder do governo no Senado, Aloizio Mercadante (PT-SP), divulgou nota defendendo a consulta aos governadores antes de qualquer mudança do texto da reforma da Previdência. Adoentado em virtude de um problema na coluna, Mercadante não participará, hoje, da reunião da comissão mista partidária de 11 deputados e 11 senadores, criada ontem pelos presidentes da Câmara, João Paulo Cunha (PT-SP), e do Senado, José Sarney (PMDB-AP), para participar diretamente das articulações em torno da reforma Previdenciária. "É indispensável que, antes de qualquer mudança na proposta da reforma da Previdência, haja discussão com os governadores, que são co-autores do texto", afirma a nota. A comissão mista foi instituída a partir do momento em que começou a ser discutida uma nova fórmula para manter o direito dos servidores públicos à aposentadoria integral, na reforma da Previdência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.