Governadores aliados propõem agenda com governo federal

Os governadores aliados ao governo federal se reuniram hoje pela manhã com os ministros da Coordenação Política, Aldo Rebelo, e da Casa Civil, José Dirceu, para discutir a retomada de uma agenda entre o governo federal e os Estados, a partir de um encontro que será marcado com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A idéia, segundo o governador do Acre, Jorge Viana (PT) é estabelecer uma pauta para 2004, que envolva crescimento econômico e assuntos que podem ser desenvolvidos pelos governadores em parceria com a União. "É preciso romper com a fase de os governadores só virem a Brasília para fazer reivindicações", disse. Os governadores dos 27 Estados têm reunião hoje à tarde em Brasília. Viana vai propor a construção de uma agenda para a retomada do diálogo com o governo federal, na reunião de hoje à tarde. Temas como renegociação da dívida dos Estados, na avaliação de Viana, não entrarão na discussão de hoje. "Para quem está no Executivo, a escassez de recursos é real, mas já temos exemplos de execuções orçamentárias", disse Viana. Segundo ele, a questão da renegociação da dívida é um assunto que volta sempre. "Mas no conjunto dos governadores, esse tema não será posto na agenda", disse. Na avaliação do governador do Espírito Santo, Paulo Hartung, a parceria que será proposta pelo governo retoma a iniciativa política e o diálogo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.