Governadora diz que Rio é dicriminado pelo governo federal

A governadora Rosinha Matheus (PMDB) disse neste domingo que o Estado do Rio é "discriminado" pelo governo federal e desafiou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva a mostrar os investimentos que fez em cada um dos 92 municípios fluminenses e compará-los com as ações do governo estadual.Essa foi a resposta da governadora às críticas feitas na véspera pelo presidente a Anthony Garotinho, marido de Rosinha. O ex-governador havia anunciado que o Estado não firmará convênios com a prefeitura de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, se o petista Lindberg Farias vencer as eleições.Rosinha reiterou que, se Lindberg for eleito, fará investimentos diretos no município, sem repasses de verbas à prefeitura. "Você acha que um candidato que me esculhamba vai ter condição, se for eleito prefeito, de negociar comigo? Com que cara vai bater na minha porta? Vai dizer que estava enganado, que o governo do Estado tem recursos, sim?", indagou a governadora.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.