Governador mexe no secretariado

O governador paulista José Serra (PSDB) fez ontem mais uma troca em seu secretariado. O alvo desta vez foi a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, que tinha como titular Rogério Amato, um dos poucos remanescentes da gestão Claudio Lembo (DEM). Em seu lugar assumiu a deputada Rita Passos (PV). Com a mudança, Serra acomoda no primeiro escalão mais um partido da base aliada.Essa foi a quinta substituição no governo Serra. A motivação teve explicações controversas. Serra disse que Amato deixava o governo para atender a um pedido do prefeito Gilberto Kassab (DEM). "O Amato foi chamado pelo Kassab para uma tarefa complexa de articulação de programas da prefeitura com a área privada."Pouco antes, o secretário havia negado que assumiria cargo na equipe de Kassab e apresentou outra justificativa. "Entendo a necessidade de termos que agregar novos parceiros, que é o caso do Partido Verde", disse. Mais tarde, Serra admitiu um "componente político" na troca, mas disse que "não foi a motivação principal".Rita prometeu enfoque maior a políticas para idosos. "Vamos mostrar ao governador que sabemos fazer um excelente trabalho."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.