Governador do RN se transforma no foco do debate

O governador Iberê Ferreira, que disputa a reeleição pelo PSB, transformou-se no principal foco de crítica dos demais candidatos no debate da InterTV Cabugi, afiliada da Rede Globo no Rio Grande do Norte. Sandro Pimentel (PSOL) chegou a definir como "cantilena enfadonha" o projeto apresentado pelo governador Iberê Ferreira para geração de emprego. "Vamos incentivar e fazer com que o turista permaneça mais no Estado, gerando mais emprego. O turista só vai ficar aqui se o Estado não for tão violento como está e as praias mais limpas, que não estão agora", frisou.

ANNA RUTH DANTAS, Agência Estado

29 de setembro de 2010 | 00h29

A senadora Rosalba Ciarlini (DEM) também atacou diretamente a administração estadual. "É lamentável que o Governo não tenha investido na polícia. O traficante está mais avançado com suas técnicas e a polícia fica impotente. Não há ação do Governo para recuperação dos jovens que estão doentes", destacou, ao comentar as propostas para o combate ao tráfico de drogas.

Já o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo (PDT), acusou a Companhia de Água do Rio Grande do Norte de atuar na politicagem. "Quando ganharmos vamos afastar a Caern da politicagem e governar com técnicos na Caern. A empresa precisa trabalhar com recursos e técnica", destacou. O governador Iberê Ferreira evitou o embate direto com os candidatos na defesa da própria administração. Ele optou por destacar propostas da administração.

Tudo o que sabemos sobre:
ELEIÇÕES 2010DEBATETV GLOBORN

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.