Governador do RN critica discussão sobre royalties

O governador do Rio Grande do Norte, Iberê Ferreira (PSB), foi cauteloso ao avaliar a emenda aprovada pelos senadores sobre a distribuição dos royalties do petróleo. Ele ponderou que o momento para discussão não é agora, por se tratar de uma fase pré-eleitoral, e lamentou que a emenda vá retroagir sobre os contratos já existentes.

ANNA RUTH DANTAS, Agência Estado

11 de junho de 2010 | 20h31

"Em tese o Rio Grande do Norte não perde recurso com a emenda aprovada pelo Senado, mas esse assunto deve ser melhor discutido. O período o pré-eleitoral não é o momento ideal. Na minha opinião o que prejudica nessa emenda é o fato dela retroagir em relação aos contratos já existentes", destacou o governador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.