Divulgação
Divulgação

Governador do Rio continua internado, sem previsão de alta

Luiz Fernando Pezão deixou o comando do Estado em março, quando começou tratamento contra um câncer no sistema linfático; Francisco Dornelles (PP) está como governador interino

Constança Rezende, O Estado de S.Paulo

17 de maio de 2016 | 15h49

Rio - O governador do Estado do Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB), não tem previsão de alta médica, segundo boletim divulgado pelo governo fluminense na manhã desta terça-feira, 17. Pezão está internado no Hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo, zona sul do Rio, desde o final da tarde de sábado, 14, quando apresentou febre. No domingo passado, ele foi diagnosticado com gastroenterite.

De acordo com a nota, Pezão continua recebendo tratamento antibiótico venoso e "vem apresentando melhora clínica e laboratorial". Pezão está licenciado do cargo desde 28 de março para fazer tratamento contra um câncer no sistema linfático. De acordo com a equipe médica, a infecção apresentada pelo governador é considerada comum em pacientes submetidos a quimioterapia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.