Governador do Maranhão recorre ao TSE contra multa

O governador do Maranhão, Jackson Lago (PDT), recorreu nesta segunda-feira ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra uma multa imposta pela Justiça Eleitoral, no ano passado, por propaganda eleitoral fora de época, informou o Estado.No agravo de instrumento, sob análise do ministro Carlos Ayres Britto, Lago pede que a multa seja cancelada e que o TSE arquive a denúncia do PTN. O valor da multa poderia chegar a R$ 53 mil, segundo o tribunal.Também nesta segunda-feira, o presidente da Câmara, Aldo Rebelo (PCdoB-SP), recorreu ao TSE contra multa de R$ 2 mil aplicada durante a campanha, por causa de estandartes colocados na cidade de Americana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.