Gabriel Lordello/Estadão
Gabriel Lordello/Estadão

Governador do ES grava vídeo com relatos do acidente e diz que está bem

Helicóptero com quatro tripulantes caiu na cidade de Domingos Martins, a 40 quilômetros de Vitória

Paulo Beraldo, O Estado de S.Paulo

11 Agosto 2018 | 12h08

O governador do Espírito Santo, Paulo Hartung (MDB), fez um vídeo para dizer que está bem horas após o acidente que sofreu com um helicóptero na cidade de Domingos Martins (ES) no fim da tarde de sexta-feira, 10. No vídeo, o governador diz que a aeronave teve problemas no momento do pouso, se desequilibrou e caiu, mas conta que os quatro tripulantes - dois pilotos, a primeira dama Cristina Gomes e ele - estão bem.  

"Estou gravando esta mensagem para dizer que estou bem, graças a Deus, e Cristina (Gomes, primeira dama) também está bem. Ela machucou um pouquinho, teve uma luxação, e uma intercorrência mais simples. Os dois pilotos estão bem", disse Hartung.

Segundo informações oficiais, Paulo Hartung ia de Vitória para participar de um festival de cinema em Domingos Martins, a 40 quilômetros da capital capixaba. O acidente ocorreu em um campo de futebol na fazenda do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), órgão ligado ao governo estadual.

Em nota, a Secretaria de Segurança do Espírito Santo informou que durante o pouso a aeronave se desgovernou e um dos rotores (parte traseira do helicóptero) bateu no chão. Então, os pilotos e passageiros saíram da aeronave o mais rápido possivel. O helicóptero teve perda total. Equipes de investigação vão analisar o que causou o acidente. 

O governador Paulo Hartung está no comando do Espírito Santo desde 2015. Antes, governou o Estado de 2002 a 2010. Hartung é um dos governadores que não tentará a reeleição este ano. Ele tomou a decisão em julho e disse que era hora de "passar o bastão". Mesmo com queda significativa de arrecadação e aumento de despesas, chefes dos Executivos de 16 Estados vão se candidatar nas disputas das eleições 2018.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.