Governador de SP decreta ponto facultativo

O governador Geraldo Alckmin decidiu, pela primeira vez na atual administração, decretar ponto facultativo na sexta-feira, 15 de junho, data posterior ao feriado de Corpus Christi. O decreto, publicado no Diário Oficial deste sábado, inclui todas as repartições públicas estaduais, exceto as que funcionam ininterruptamente, e prevê a compensação de horas não trabalhadas a partir de setembro, com o aditamento de 30 minutos ao dia. A medida visa uma maior economia de energia.Desde abril e mais intensamente a partir de 15 de maio, quando o governador assinou o decreto que estabelece a redução do consumo de energia no âmbito da máquina estatal em no mínimo 20%, o gasto diário começou a cair. Entre maio e os primeiros dias de junho, a redução foi de 23%, chegando a 27% se for contabilizado o período de abril até o dia 6 de junho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.