Governador de Roraima critica homologação da reserva Raposa do Sol

Anchieta Filho destacou a importância dos arrozeiros para a economia do Estado e criticou a atuação de órgãos federais

AE

05 de abril de 2008 | 15h24

O governador de Roraima, Anchieta Filho, criticou a forma como o governo federal realizou a homologação da reserva indígena Raposa do Sol, que objeto de disputa com os produtores de arroz que estão instalados na região. Segundo o governador, o presidente Lula não foi devidamente informado por assessores sobre o histórico da Terra Indígena Raposa Serra do Sol. Anchieta Filho destacou a importância dos arrozeiros para a economia do Estado e criticou a atuação de órgãos federais, como o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e a Fundação Nacional do Índio (Funai). O governador afirmou que os a produção de arroz representa 6% do o Produto Interno Bruto (PIB) de Roraima. Ele disse que vai realizar uma parceria com os arrozeiros para a realocação em novas terras. Para isso será necessário investir infra-estrutura de estradas, pontes e energia elétrica, para que os produtores possam retomar a atividade. As informações são da Agência Brasil.

Tudo o que sabemos sobre:
Agricultura

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.