Reprodução Twitter
Reprodução Twitter

'Golpe' deixou País nas mãos do único presidente denunciado por corrupção, diz Dilma

No Twitter, presidente afastada também lembrou do pato amarelo utilizado pela Fiesp, em manifestações pedindo o impeachment

Carla Araujo, O Estado de S.Paulo

27 de junho de 2017 | 14h41

BRASÍLIA - A presidente afastada Dilma Rousseff utilizou as redes sociais para comentar a denúncia do procurador-geral Rodrigo Janot contra o presidente Michel Temer. "Resultado do Golpe de 2016: deixar o País nas mãos do único presidente denunciado por corrupção", escreveu Dilma no twitter e no Facebook. "Impeachment sem crime de responsabilidade: ponte dos perdedores sobre a democracia para o desmonte do País", completou a petista em uma crítica ao Programa Ponte para o Futuro do PMDB.

Em sua mensagem, a petista ainda criticou a "grande mídia" e o PSDB e lembrou o pato amarelo utilizado pela Fiesp, quando defendeu o seu impeachment. "Adeptos do Pato Amarelo conheciam a conduta do grupo que assaltou o Planalto e são responsáveis diretos por sua ascensão", afirmou.

Pronunciamento. A assessoria de imprensa do Palácio do Planalto confirmou, há pouco, que o presidente Michel Temer fará um pronunciamento às 15 horas. Fontes adiantaram ao Broadcast/ Estado que ele vai se pronunciar para se defender das denúncias de Rodrigo Janot. 

Mais conteúdo sobre:
Michel Temer

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.