Goldman: escolha de Gleisi para Casa Civil é 'bom sinal'

O ex-governador de São Paulo Alberto Goldman (PSDB) avaliou como "um bom sinal" a escolha da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) para a chefia da Casa Civil. A petista substituiu na quarta-feira o ex-ministro-chefe Antonio Palocci. "A escolha de Gleisi Hoffmann para a Casa Civil é um bom sinal e torço para que ela e os que ainda sobram no PT possam vencer essa luta interna entre os que somente anseiam o poder em benefício próprio e aqueles que querem de fato servir ao povo", escreveu Goldman em seu blog. O tucano recorreu a uma máxima atribuída ao pensador italiano Nicolau Maquiavel para caracterizar o ex-ministro. "Palocci faz parte daquela gama de homens que vão ao extremo na concepção de que os fins justificam os meios", escreveu.

GUSTAVO URIBE, Agência Estado

10 de junho de 2011 | 16h19

Não é a primeira vez que o ex-governador faz críticas duras ao ex-titular da Casa Civil. No decorrer da crise, também em seu blog, o tucano apontou que o enriquecimento "tão rápido" de Antonio Palocci "não é aceitável em um homem público" e cobrou esclarecimentos do ex-ministro, referindo-se ao crescimento do patrimônio de Palocci, de R$ 20 milhões em quatro anos. A posição de Alberto Goldman divergiu da de alguns tucanos, como os ex-governadores José Serra (SP) e Aécio Neves (MG), que evitaram fazer ataques diretos ao petista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.