Goldman critica apoio de Kassab à reeleição de Dilma Rousseff

Ex-governador disse que prefeito de SP poderia ter ouvido 'seus companheiros de jornada'

O Estado de S. Paulo,

13 de novembro de 2012 | 15h43

SÃO PAULO - O ex-governador de São Paulo, Alberto Goldman (PSDB), reprovou nesta terça-feira, 13, o apoio pessoal que o prefeito Gilberto Kassab (PSD) anunciou à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT) para 2014. Em seu blog, Goldman escreveu que Kassab "poderia ter ouvido seus companheiros de jornada", em alusão à coalização tradicional entre o prefeito e os tucanos em São Paulo.

"Apenas acho que o nosso prefeito - que tanto defendemos na campanha porque consideramos que fez um bom governo - e não renego essa opinião, poderia ter ouvido seus companheiros de jornada", relatou Goldman. O apoio de Kassab à Dilma foi anunciado na última segunda-feira após um jantar em que o prefeito e a presidente discutiriam a questão da dívida da capital paulista.

Goldman ainda usou um samba de Adoniran Barbosa para criticar a conduta do prefeito: "Como diz o samba do Adoniran Barbosa, 'O Arnesto nos convidou, prum samba ele mora no Brás...............Isso não se faz, Arnesto, nóis num si importa, mas você devia ter ponhado um recado na porta!".

O ex-governador argumentou que Kassab fechou aliança com quem o massacrou durante a campanha. E lançou questões no blog: " Merecem (Dilma e o PT) algum elogio? Esse governo merece algum respeito?", escreveu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.