Gloria Trevi pode deixar o País em 10 a 15 dias

O responsável pelo Departamento de Estrangeiros do Ministério da Justiça, Luiz Paulo Barreto, disse nesta sexta-feira, no Recife, que a cantora mexicana Gloria Trevi deve ser extraditada em um prazo de 10 a 15 dias. Nesse período, o ministério vai acertar a vinda da escolta policial do México.Se em três meses ela não for levada, ficará livre. O empresário e pai do filho da cantora, Sérgio Andrade, e a assistente Maria Requinéu seguem com processos contra extradição. O filho de Gloria, por ser brasileiro, pode permanecer no Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.