Gleisi tem 'traquejo político', diz Bernardo

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, rebateu as críticas de que a nova ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, não tem experiência política para ocupar o cargo. "Ela faz política desde os 14 anos. Participou do movimento estudantil, de discussões no partido e disputou três eleições, sendo eleita senadora com 3,3 milhões de votos", afirmou.

LEONÊNCIO NOSSA, ANDRÉA JUBÉ VIANNA E EDUARDO RODRIGUES, Agência Estado

08 de junho de 2011 | 17h37

"Ela tem traquejo político. Mas ela também é disciplinada. Se receber determinação da presidente Dilma de fazer apenas os trabalhos de gestão de projetos e dos programas do governo, ela vai fazer", declarou. Bernardo, que é marido de Gleisi, disse que, pelo que sabe até agora, a nova ministra não fará articulação política. Ele evitou comentar como será o novo sistema de articulação política do Palácio do Planalto com o Congresso.

Para uma pergunta feita em tom de brincadeira sobre como reagirá quando seus projetos, do Ministério das Comunicações, forem vetados pela nova chefe da Casa Civil, Paulo Bernardo respondeu com descontração: "Não vai ter macarronada em casa no final de semana".

Tudo o que sabemos sobre:
GleisiCasa CivilBernardopolítica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.