Gleisi parabeniza Maduro por 'contundente vitória' nas eleições para governador na Venezuela

Gleisi parabeniza Maduro por 'contundente vitória' nas eleições para governador na Venezuela

Presidente nacional do PT, em nota, atacou o governo dos EUA, que, segundo ela, age de forma "torpe" para desestabilizar o país vizinho

Ricardo Galhardo, Estadão Conteúdo

17 de outubro de 2017 | 18h06

A presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), e a secretária de Relações Internacionais do partido, Monica Valente, distribuíram uma nota parabenizando o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pela "contundente vitória" nas eleições para governador realizadas no domingo. Elas ainda acusam o governo dos Estados Unidos de agir de forma "torpe" para desestabilizar o país vizinho.

A Venezuela anunciou que o regime chavista elegeu 75% dos cargos em disputa. A oposição se recusa a reconhecer o resultado e prepara mobilizações de rua, aumentando ainda mais a instabilidade do País.

+ Países latino-americanos pedem auditoria de votação na Venezuela

+ EUA tenta 'ignorar' vontade do povo venezuelano

Na nota assinada por Gleisi na segunda-feira, 16, o PT lembra que foi a 22.ª eleição em 18 anos de regime chavista e não economiza em elogios. "Este dia será lembrado como o dia de uma vitoriosa jornada de democracia, onde mais de 60% do eleitorado atendeu à convocação democrática e compareceu, de maneira cívica e pacífica, manifestando seu apoio à paz, à democracia e à soberania na Venezuela", diz o texto.

+ Oposição venezuelana pede nova votação

Em um tom que difere do adotado pelos governos do PT na política externa, o partido acusa o "governo estadunidense" de agir contra a Venezuela. "Essa vitória adquire ainda mais importância histórica por ter se dado em meio a uma torpe tentativa de cerco e aniquilamento do país liderada pelo governo estadunidense, império que busca derrotar os povos e nações que lutam por justiça social, inclusão social e autodeterminação".

Leia íntegra da nota:

"O Partido dos Trabalhadores saúda o presidente Nicolás Maduro e seu partido , o PSUV , pela contundente vitória eleitoral nas eleições regionais deste domingo, 15 de outubro de 2017, a vigésima segunda eleição em dezoito anos de governos liderados pelo PSUV.

Este dia será lembrado como o dia de uma vitoriosa jornada de democracia, onde mais de 60% do eleitorado atendeu à convocação democrática e compareceu, de maneira cívica e pacífica, manifestando seu apoio à paz, à democracia e à soberania na Venezuela.

Essa vitória adquire ainda mais importância histórica por ter se dado em meio a uma torpe tentativa de cerco e aniquilamento do país liderada pelo governo estadunidense, império que busca derrotar os povos e nações que lutam por justiça social, inclusão social e autodeterminação.

Parabéns, Venezuela!

Parabéns, Presidente Maduro!

Viva o povo venezuelano!"

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.