Gleisi não discursa no PR, mas recebe elogios de Dilma

A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, possível candidata ao governo do Paraná no ano que vem, esteve nesta sexta-feira, 04, no noroeste do Estado para participar de um anúncio da presidente Dilma Rousseff. Apesar de não ter discursado, foi aplaudida e citada por vários presentes, incluindo a presidente, que nos cumprimentos, chamou-a de "minha mão direita e minha mão esquerda".

LAÍS ALEGRETTI, Agência Estado

04 de outubro de 2013 | 16h30

A prefeita de Campo Mourão, Regina Dubay (PR), chamou Gleisi de "amiga" e o ministro dos Transportes, Cesar Borges, também se referiu a Gleisi como "braço direito da presidente". A maior provocação, entretanto, foi do vice-presidente do Banco do Brasil Osmar Dias: "oito governadores eleitos prometeram a Estrada Boiadeira. Precisou que viesse aqui a presidente, acompanhada de Gleisi, pra que tivesse esse sonho realizado", disse, logo antes da fala do atual governador.

Na sua vez, Richa defendeu as alianças entre as diferentes esferas do governo, independente do partido. Ele afirmou que "o povo é quem sofre" com as divergências político-partidárias e disse que, no Paraná, o governo do Estado trabalha ao lado de prefeitas e prefeitos "sem distinção".

Também participaram da cerimônia o ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, a ministra-chefe da Secretaria de Comunicação Social, Helena Chagas, o diretor-geral do Dnit, Jorge Fraxe, o presidente em exercício da Câmara dos Deputados, André Vargas (PT-PR) e o deputado federal Zeca Dirceu (PT-PR).

Tudo o que sabemos sobre:
DilmaPRGleisi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.