Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Gilmar vai convocar sessão extra para concluir julgamento no TSE

O presidente do Tribunal deve convocar uma sessão extra do julgamento da chapa Dilma-Temer para quinta-feira à tarde e, se necessário, uma nova sessão na sexta-feira

Isadora Peron e Breno Pires, O Estado de S.Paulo

07 de junho de 2017 | 12h02

BRASÍLIA - Devido à extensão do voto do relator Herman Benjamin, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, deve convocar uma sessão extra para quinta-feira, 7, à tarde para tentar concluir o julgamento que pode levar à cassação do mandato do presidente Michel Temer e à inelegibilidade da ex-presidente Dilma Rousseff.  Gilmar afirmou que, se for necessário, haverá uma nova sessão na sexta-feira, 9.

Inicialmente, cogitou-se em fazer uma nova sessão na noite desta quarta-feira, mas o ministro Luiz Fux já havia agendado o lançamento de um livro de sua autoria e o relator das ações alegou que era melhor deixar para quinta porque ainda está se recuperando de um resfriado.

A realização da sessão extra na tarde de quinta-feira vai depender da autorização da presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, de suspender a sessão ordinário do plenário do STF, já que além de Gilmar e Fux, a ministra Rosa Weber também faz parte das duas cortes.

Acompanhe o julgamento ao vivo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.