Gilmar Mendes é eleito novo presidente do STF

Ellen Gracie deixa cadeira no dia 23 de abril; ministro Cezar Peluso foi eleito vice-presidente

FELIPE RECONDO, Agencia Estado

12 de março de 2008 | 14h50

O Supremo Tribunal Federal (STF) elegeu nesta quarta-feira, 12, o ministro Gilmar Mendes para presidir o tribunal nos próximos dois anos. O ministro Cezar Peluso foi eleito vice-presidente e deverá, quando Gilmar Mendes deixar a presidência, assumir o comando da Corte. A escolha do candidato segue critério de antiguidade na Casa. Gilmar Mendes e Cezar Peluso foram eleitos pelo mesmo placar: 9 votos contra 1 (do respectivo candidato). O ministro Joaquim Barbosa não compareceu à sessão. Com a eleição de Gilmar Mendes para o STF, ele também assume a presidência do Conselho Nacional de Justiça. A posse será no dia 23 de abril, quando a ministra Ellen Gracie deixará a presidência.     Perfil   O ministro recém-nomeado nasceu em Diamantino, Mato Grosso,em 1955. Após a graduação em Direito na Universidade de Brasília, tornou-se mestre. Mendes também concluiu doutorado na Alemanha.   Em 1985, ocupou o cargo de Procurador da República, atuando em processos do Supremo Tribunal Federal. Foi consultor jurídico da Secretaria Geral da Presidência da República nos anos de 1991/1992. Em 1996, tornou-se Subchefe para Assuntos Jurídicos da Casa Civil e atuou como Advogado-Geral da União entre os anos de 2000 e 2002.   Em junho de 2002, Mendes foi nomeado ministro do STF e, em dois anos depois, tornou-se ministro efetivo do Tribunal Superior Eleitoral.   (Com informações do STF e TSE)

Tudo o que sabemos sobre:
STF

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.