Gilberto Carvalho faz elogios a Ciro Gomes e diz que ele foi leal a Lula

Declarações revelam uma estratégia do Palácio do Planalto de afago do deputado federal

Denise Madueño - Agência Estado

27 de abril de 2010 | 12h07

A poucas horas do início da reunião na qual o PSB formalizará a saída do deputado Ciro Gomes (PSB-CE) da disputa pela presidência da República, o chefe do gabinete pessoal do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Gilberto Carvalho, não poupou elogios ao deputado nesta terça-feira, 27. As declarações revelam uma estratégia do Palácio do Planalto de afago a Ciro, que na semana passada fez críticas ao presidente Lula e, em comparação à candidata Dilma Rousseff (PT), disse que José Serra (PSDB), principal candidato da oposição, "é mais preparado, mais legítimo e mais capaz" do que a petista.

 

Veja também:

https://www.estadao.com.br/estadao/novo/img/icones/mais_azul.gif PSB formaliza hoje saída de Ciro da corrida eleitoral

https://www.estadao.com.br/estadao/novo/img/icones/mais_azul.gif Na TV, deputado reforça ataque a PMDB e petistas

 

"Temos de medir Ciro pela prática. Ele foi de uma lealdade ao presidente...", disse Carvalho. "Nada diminui o nosso carinho com Ciro. Não há uma palavra que vai desfazer o carinho que temos por ele, que o presidente tem por ele", continuou Carvalho. "O que estou dizendo é do coração", ressaltou. "Nós consideramos Ciro muito mais aliado do que muitos que só elogiam o governo", disse. Carvalho fez as declarações ao chegar à Câmara, onde participa de sessão solene em homenagem ao vice-presidente, José Alencar.

Tudo o que sabemos sobre:
Gilberto CarvalhoCiro GomesLulaPSBPT

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.