Geraldo Alckmin faz campanha na rua após deixar Incor

Três horas após deixar o Instituto do Coração (Incor), em São Paulo, o candidato do PSDB à Prefeitura da Capital, Geraldo Alckmin, retomou sua campanha de rua com uma caminhada pelo comércio do Itaim Bibi, zona sul da cidade. Na caminhada, ele garantiu que não vai entrar com nenhuma representação na Justiça Eleitoral contra o adversário Gilberto Kassab (DEM). "Nós não vamos tomar nenhuma medida de natureza judicial, nossa preocupação é conversar com o eleitor, a população", destacou. Apesar da afirmação, o tucano voltou a condenar o uso da máquina pública no processo eleitoral: "Existem duas coisas erradas que precisam mudar na política, a partidarização a utilização da máquina pública." Mais magro, porém corado, o candidato afirmou que passará a levar uma vida mais saudável depois deste susto. "De vez em quando o organismo dá um stop (parada), é bom para ficarmos mais disciplinados". Alckmin prometeu diminuir o número de xícaras de cafezinho com açúcar - que chegou a 22 em um dia. "Volto com toda energia para trabalhar. Precisamos recuperar esses dias fora da campanha", disse ele. O candidato esteve internado no Incor por três dias para tratar de uma indisposição intestinal e fazer exames de rotina, que vinham sendo adiados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.