Genoino rebate críticas e diz que FHC está em campanha

O presidente nacional do PT, José Genoino, rebateu as críticas ao governo Luiz Inácio Lula da Silva feitas na segunda, em Londres, pelo ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso. Em entrevista concedida ao portal do partido na internet, Genoino disse que FHC está em campanha pré-eleitoral e que ainda estaria sendo influenciado pelas eleições municipais realizadas neste ano. "O FHC está fazendo pré-campanha eleitoral. Subiu no palanque em 2004 e continua nele", afirmou o líder petista.Em palestra na London School of Economics, o ex-presidente da República elogiou a política econômica do governo federal, mas voltou a criticar o desempenho da atual gestão na área social e o gerenciamento da máquina pública, citando a criação de "mais de 40 mil cargos de confiança" ligados ao PT.Genoino rejeitou a hipótese de "inchaço" da máquina pública e acusou o governo anterior de ter realizado um maior número de contratações dos cargos de confiança. "Não há inchaço nem politização da máquina pública. Lula nomeou um porcentual menor de cargos de confiança do que o que aconteceu no governo dele (de FHC)", comentou.Quanto às criticas feitas à área social, o presidente do PT afirmou que os avanços do governo Lula foram superiores ao do governo Fernando Henrique Cardoso, tanto em investimentos, como em atendimentos. Ele citou os programas Bolsa-Família e Fome Zero, ressaltando que o avanço dos programas sociais se combinou com a melhoria do quadro econômico, com a geração de empregos e recuperação na renda."Nosso governo tem uma rede de proteção social não-assistencialista", afirmou Genoino, destacando ainda o "esforço do PT" em implementar uma agenda do desenvolvimento para o País. "Parte dela está no Congresso e nos empenharemos para que seja votada até o final do ano", destacou o dirigente petista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.