Genoino promete aprovação do mínimo no Senado

O presidente do PT, José Genoino, garante que a medida provisória que reajusta o salário mínimo para R$ 260 também será aprovada no Senado. A afirmação foi feita durante entrevista ao Jornal das Dez, da Globo News. "Nós vamos ganhar no diálogo e na conversa. O que o governo acertou na Câmara será o mesmo acerto no Senado", prometeu o deputado. "Nós compreendemos que o salário mínimo não é o ideal, mas recuperou pelo menos relativamente o poder de compra do salário mínimo em relação à inflação."José Genoino credita a aprovação da proposta governamental na Câmara ao empenho pessoal do presidente Lula no episódio. "O presidente Lula se expôs nessa questão ao definir o salário mínimo de R$ 260 e ao acompanhar quase que diretamente todo o processo de negociação e de votação", assegurou o presidente do partido. "E o PT deu uma demonstração importante de unidade, mesmo com cinco parlamentares, que é fundamental", citando os cinco deputados petistas que votaram no substitutivo do PFL. "Porque quando o PT tem algum problema maior isso se reflete na base aliada."Dissidentes não devem ser expulsosO presidente do PT não quis falar sobre a possibilidade de expulsão dos deputados que votaram contra a medida, sendo que dois senadores do partido prometem fazer o mesmo durante a próxima votação. "Nós não vamos abrir essa discussão na bancada do Senado para expulsar ninguém, nós vamos ganhar no diálogo e na conversa", prometeu o deputado. "Nós não vamos tratar agora de punição. (...) Esses deputados não fizeram carnaval, não levaram água para o moinho da oposição. É uma atitude totalmente diferente do que aconteceu no ano passado."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.