Genoino passa mal e é medicado em Belo Horizonte

Pressão arterial do ex-presidente do PT, que passou por cirurgia há 90 dias, subiu

Fausto Macedo, O Estado de S. Paulo

16 de novembro de 2013 | 17h45

SÃO PAULO - O ex-presidente do PT e deputado licenciado José Genoino passou mal na Base Aérea da Pampulha, em Belo Horizonte, logo que o avião da Polícia Federal pousou. A pressão arterial subiu e ele teve que ser atendido e medicado ainda no aeroporto. O ex-presidente do PT é cardíaco. Genoino e o ex-ministro José Dirceu, que se entregaram na sexta-feira, e foram levados neste sábado para Brasília, com escala em Belho Horizonte, onde embarcaram sete outros condenados no processo do mensalão presos. 

Ainda na tarde deste sábado, o advogado de Genoino, Luís Fernando Pacheco, entrou no Supremo Tribunal Federal com um pedido para garantir a ele direito de ser preso em regime semiaberto.

Nesta sexta feira, 15, o advogado do petista, Luiz Fernando Pacheco, chamou a atenção para a fragilidade da saúde de Genoino. "Genoino passou por uma cirurgia grave há 90 dias, secção da artéria. O estado dele inspira cuidados."

Tudo o que sabemos sobre:
mensalãoJosé Genoino

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.