Genoino nega que governo libere verbas para prefeituras do PT

O presidente nacional do PT, José Genoino, negou que o governo federal esteja direcionando a liberação de verbas para beneficiar as prefeituras petistas e de aliados do partido, tendo em vista as eleições municipais deste ano. "Isso é gritaria sem sentido", afirmou, referindo-se à denúncia feita ontem por parlamentares do PFL em Brasília. "O governo do presidente Lula teve tratamento correto com todos estes federados", complementou ele, que participou do início oficial da campanha de reeleição da prefeita paulistana, Marta Suplicy (PT), no centro de São Paulo.Segundo Genoino, os números divulgados pelo PFL, que São Paulo receberá recursos muito superiores ao restante do País "não estão corretos". "Muitos deputados, inclusive do PFL, do PSDB e do PMDB, da legislatura anterior, foram compensados com suas emendas", argumentou. Além disso, o líder petista observou que o PT administra somente 200 dos 5.522 municípios brasileiros e que todos esses municípios foram atendidos por programas sociais do governo federal."Os 27 governadores também foram muito bem atendidos", comentou, ao citar os acordos do Fundo de Compensação das Exportações e os programas de investimento do governo federal. "Foi o governo que mais se dedicou às prefeituras e aos governos estaduais", insistiu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.