Genoino fracassa ao tentar esclarecimento sobre multa

O ex-deputado federal José Genoino fracassou na tentativa de receber explicações sobre o valor da multa imposta a ele por envolvimento com o esquema do mensalão. De acordo com o advogado Luiz Fernando Pacheco, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, recusou um pedido para que o perito que calculou a multa em R$ 667 mil esclarecesse como chegou a esse montante. Nas contas de Pacheco, a multa deveria ter sido de R$ 380 mil.

MARIÂNGELA GALLUCCI, Agência Estado

17 de março de 2014 | 19h57

Apesar de Genoino já ter quitado a multa, Pacheco disse que pretende recorrer da decisão de Joaquim Barbosa. A multa foi paga com recursos arrecadados numa campanha na internet organizada pela família do ex-parlamentar. Esse tipo de campanha foi criticado inclusive por ministros do Supremo.

Além da imposição de multa, o STF condenou Genoino a uma pena de prisão no regime semiaberto. No entanto, o ex-deputado ficou menos de uma semana no complexo penitenciário da Papuda, em Brasília. Alegando problemas cardíacos, ele foi transferido para um hospital e depois para prisão domiciliar, onde está até hoje.

Tudo o que sabemos sobre:
mensalãoGenoinomulta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.