Genoino diz estar de cabeça erguida sobre julgamento

O deputado federal José Genoino (PT-SP), um dos réus na ação penal aberta pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para investigar o esquema do mensalão, afirmou hoje que está de cabeça erguida e que confia na Justiça. "Não recebi nada, não ofereci nada. Os empréstimos são absolutamente legais e eu estou de cabeça erguida", destacou o parlamentar, frisando que o seu patrimônio é o mesmo há 24 anos. Na avaliação de Genoino, a denúncia e as acusações dos ministros do STF não dão consistência aos indícios que motivaram a abertura da ação penal. As afirmações foram feitas antes da abertura do 3º Congresso Nacional do PT.O secretário de Finanças do PT, Paulo Ferreira, que também participa do evento da legenda, acredita que a forma como ocorreu o processo de votação do STF pode ter colocado a maioria dos ministros numa situação de constrangimento. "O STF acabou votando mais pela conveniência. Mas, agora, teremos o desenrolar do processo." O deputado estadual Rui Falcão (PT) disse que a legenda deverá sair mais fortalecida do Congresso Nacional. Ao falar sobre as eleições presidenciais de 2010, ele disse que a legenda estará presente com um candidato, que não precisa ser necessariamente do PT, mas poderá ser de algum dos partidos coligados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.