Genoíno diz apostar no desgaste da gestão PSDB em SP

Durante o lançamento das candidaturas de Aloizio Mercadante ao governo de São Paulo e de Marta Suplicy ao Senado, em chapa composta com o vereador e pagodeiro Netinho de Paula (PCdoB), o deputado José Genoíno (PT-SP) disse apostar na "força do governo Lula em São Paulo" e no desgaste da gestão do PSDB. "Eles já estão no poder faz 28 anos", ressaltou.

ROBERTO ALMEIDA, Agência Estado

26 de junho de 2010 | 13h13

O líder do PT na Câmara, deputado Cândido Vacarezza (SP), fez coro com Genoíno e apontou "fadiga" tucana no Estado. "Vamos continuar trabalhando sobre saúde, educação e segurança."

O evento, realizado no Pavilhão Vermelho do ExpoCenter Norte, na capital paulista, não conta com a presença da candidata petista Dilma Rousseff ou do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Dilma não comparece ao evento porque participa da convenção do PRB em Brasília, ao lado do vice-presidente José Alencar. Com isso, coube ao candidato a vice Michel Temer (PMDB), em rápido discurso, exaltar a petista e a necessidade de vitória de Mercadante para o projeto da aliança.

"Dilma chegou a 40% da intenção de votos e, com o prestígio do presidente Lula, logo se transformará em 55%, 60% ainda no primeiro turno", disse Temer.

Ao lado do peemedebista, o presidente do PT paulista, Edinho Silva, bateu na tecla da continuidade. "Vamos construir condições de continuidade do governo Lula e vencer a disputa pelo governo de São Paulo com Aloizio Mercadante."

Slogan e jingles

O PT aproveita a convenção para testar slogans da campanha de Mercadante. As principais bandeiras do evento têm a frase "Deu certo no Brasil, vai dar certo em São Paulo."

Mercadante também já tem jingle, com o refrão "Eu vou de Mercadante governador, agora é nossa vez de vencer".

O jingle de Marta, por sua vez, aposta em ser "a primeira" a representar São Paulo no Senado. "Estou outra vez do seu lado, você tem estrela, é a nossa primeira mulher no Senado" e "Eu vou de Marta, é a primeira" são os principais refrões.

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçãoPT

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.