Genoíno culpa governos federal e estadual por avanço da dengue

O pré-candidato do PT ao governo do Estado de São Paulo, deputado José Genoíno, culpou hoje o governo federal pela atual situação do País, que enfrenta uma de suas maiores batalhas contra o mosquito da dengue. "O governo federal tem de tomar a iniciativa e ser o articulador daspolíticas de prevenção contra a doença", disse.Segundo Genoíno, o ex-ministro José Serra (PSDB) fezmuita propaganda da sua excelência no Ministério da Saúde, porém "não foi capaz de fazer mal ao mosquito". Ele argumentou queque, ao contrário do que vem fazendo o governo federal, aPrefeitura de São Paulo adotou medidas emergenciais, como sefosse "uma situação de guerra". E lembrou que o ex-ministro daSaúde do governo FHC, Adib Jatene, chegou a apresentar um planopara a eliminação do mosquito Aedys aegypt, mas o projeto foiengavetado.A responsabilidade maior pelo alastramento da epidemiada dengue no País, avalia Genoíno, é do governo federal, e emsegundo lugar, do governo do Estado. "Hoje está se criando umalógica de empurrar com a barriga todos os problemas para omunicípio. Acredito que há a necessidade de uma parceira entregovernos federal, estadual e municipal para combater essa gravesituação", disse. E ironizou: "Seria muito ruim o governofederal abrir um debate nacional para saber qual é aconstitucionalidade do mosquito."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.