Genoino critica matéria sobre acordo do PT com PTB

O presidente nacional do PT, José Genoino, reiterou suas criticas nesta segunda-feira a matéria divulgada no fim de semana pela revista Veja sobre um suposto acordo financeiro para que o PTB apoiasse o PT nas eleições deste ano. Em entrevista ao portal do partido na internet, o líder petista negou a existência do acordo e acusou a reportagem de não apresentar fontes e nenhuma pessoa que assumisse a denúncia."Nunca tivemos acordos financeiros ou ajuda em dinheiro. A matéria não tem nenhuma fonte, ninguém assume a denúncia. É uma matéria sem RG, CPF ou endereço", disse Genoino. "Vou manter o que já disse publicamente: os nossos acordos com o PTB são de natureza política e eleitoral", acrescentando que o partido ainda vai solicitar direito de resposta e tomar providências que ainda estão sendo analisadas.Lula em campanhaSobre a participação do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, nas campanhas eleitorais dos municípios, Genoino refutou a idéia de que Lula estaria fazendo papel de cabo eleitoral. "O Lula não está sendo cabo eleitoral nas campanhas. É inevitável que exista uma relação entre o PT, o Lula e candidatos. Essa relação é indissolúvel", lembrando que o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) e o ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, já participaram também de campanhas de candidatos tucanos.SelicQuanto à possibilidade do governo federal aumentar a meta do superávit primário, de 4,25% para 4,5%, como alternativa para impedir aumentos significativos da taxa básica de juros, Genoino afirmou que esta questão precisa ser melhor discutida, após as eleições. "Eu quero discutir esse tema depois das eleições. No momento esse assunto não está na nossa pauta", comentou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.