Genoino critica grupo de ACM em Salvador

O presidente nacional do PT, José Genoino, participou, hoje, ao lado do candidato petista a prefeito da capital baiana, Nelson Pellegrino, de uma caminhada pelo Centro de Salvador, passando pela Baixa dos Sapateiros e a Estação da Lapa até o comitê central da campanha, próximo ao Dique do Tororó. Genoino está fazendo uma maratona para alavancar a campanha do PT em cidades consideradas estratégicas para o partido. Segundo ele, em Salvador o objetivo é tirar as forças conservadoras da direita da disputa do segundo turno. "Se nós ocuparmos Salvador com a estrela do PT, a foice do PCdoB e o verde do PV, vai acontecer uma coisa inédita na política da cidade: Salvador irá para o segundo turno, sem as velhas oligarquias", afirmou, referindo-se ao grupo do senador Antonio Carlos Magalhães (PFL), velho cacique político baiano. Mas não será tarefa fácil tirar o senador César Borges (PFL), candidato de ACM, do segundo turno. As pesquisas de vários institutos colocam Borges em segundo lugar, após o candidato do PDT, João Henrique, que lidera as pesquisas, coligado com o PSDB. Na última pesquisa do Ibope, Pellegrino estava tecnicamente empatado com a candidata do PSB, Lídice da Marta.Nesta tarde, Genoino embarca para Recife e Caruaru, em Pernambuco. Na capital pernambucana, o PT espera reeleger o prefeito João Paulo contra Carlos Eduardo, o Cadoca (PMDB), candidato do governador Jarbas Vasconcelos (PMDB).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.